sexta-feira, 11 de dezembro de 2015

O Homem que Queria Iluminar o Mundo!

O Homem que queria iluminar o mundo!

Primeiro texto da nova colaboradora Jani Santana Morales.

Com tanto avanço tecnológico, não é possível

que não tenham desenvolvidos maneiras

alternativas concretas de gerar eletricidade,

limpa sem combustão.

Nosso sistema atual de geração de energia é

uma realidade culturalmente retrógada.

Sendo a Terra um imenso organismo vivo é

óbvio que pode gerar e armazenar qualquer tipo

de energia.

Só que o setor energético gera trilhões  por ano

e os governos e magnatas não querem perder

essa “boquinha”.

Bom, leitores, essa tecnologia já existe e não é de

hoje. Apresento-lhes um dos maiores gênios de

todo o Universo: Nikola Tesla, o inventor da

corrente alternada e da energia livre, onde é

possível transformar e armazenar energia e

transmitir a população.

Se temos todo o conforto que proporciona a

energia elétrica  é graças a sua invenção. Do

contrário o mundo já teria entrado em colapso

com o crescimento da humanidade, tentando

utilizar apenas a corrente contínua.

Tesla nasceu na passagem do dia 09 para o dia

10 de Julho de 1856, na vila de Smijan, na

Cróacia, a meia noite em plena tempestade com

inúmeros raios, como se previssem  sua

importância nas ciências físicas.

Sua parteira comentou à sua mãe: Esse menino

será das trevas. Sua mãe retrucou: Não, ele trará

a luz. Dito e feito.

Em 1884 mudou-se para os Estados Unidos,

estabelecendo-se em Nova York e se torna

assistente de Thomas Edison.

Tesla foi um gênio inigualável e defensor da

energia livre e gratuita para todos.

Devido a sua filosofia de vida e seus inventos em

prol da humanidade ele foi perseguido durante

toda sua vida científica.

Seu primeiro perseguidor oficial foi Thomas

Edison, que fez o impossível para desacreditá-lo

no meio científico, tentando evitar que o projeto

da corrente alternada chegasse a público.

Há de convir que, transformar qualquer tipo de

energia em outro é um trabalho árduo e muito

lucrativo. Assim sendo, uma invenção de um

aparato que quebrasse o moto- perpétuos,

produzindo energia capaz  de colocar máquinas

em funcionamento, em grandes quantidades e

em custo baixo, ou mesmo gratuito, seria uma

ameaça a economia mundial.

Tesla foi considerado uma ameaça para o

governo, também pela sua filosofia, ele sempre

buscou a  Ciência como uma forma de evoluir o

pensamento humano, desprezando todo  o

retorno financeiro.

Seu laboratório e residência eram

constantemente saqueados e destruídos.

Tesla não desistiu. Continuou criando e

inventando. Chamou a atenção do Governo que

passou a vigiá-lo de perto e também destruindo

seu laboratório. Como não podiam pará-lo sem

mata-lo, resolveram denegrir sua imagem ao

público. Fizeram com que Tesla fosse

considerado louco e lunático e assim a

comunidade científica não o reconhecia mais

como um membro. Ele, sem financiamento ficou

sem condições de aperfeiçoar suas invenções e

criar mais.

Acabou falecendo empobrecido em 1943, aos 86

anos de idade. Teve projetos confiscados e

destruídos pelo F.B.I., outros foram comprados

pela empresa JP Morgan que hoje, segundo a

Forbes,  é uma das maiores empresas do mundo.

Tudo o que existe hoje, tecnologicamente

falando, sem as descobertas de Tesla não seriam

possíveis.

Se for possível que a energia livre pode ser

aperfeiçoada, o resultado é que todo o planeta

poderá ser alimentado por uma única fonte de

energia. Uma fonte infinita de energia ao nosso

alcance.

 Ninguém teria que depender mais dos

combustíveis fósseis. Desde  a eletricidade

necessária para alimentar uma lâmpada até a

construção de motores para viagens

interestelares, anti gravidade, etc, tudo seria

feito de forma gratuita com a energia livre.

Será que um dia será permitido que isso

aconteça?

“Um mundo novo deve nascer, um mundo que

justifique os sacrifícios oferecidos pela

humanidade. Este novo mundo deve ser um

mundo onde não haverá exploração do fraco

pelo forte, do bom pelo mau; onde não haverá

humilhação do pobre pela violência do rico;

onde produtos do intelecto, da ciência e da arte

servirão à sociedade pelo embelezamento da

vida, e não para indivíduos adquirirem riqueza.

Este novo mundo não será um mundo de

oprimidos e humilhados, mas de homens livres e

nações livres, iguais em respeito e dignidade”.

                                                       NIKOLA TESLA

7 comentários:

  1. Respostas
    1. Que bom que curtiu, Consuelo.
      Obrigada por manifestar sua opinião e receptividade ao texto!

      Excluir
  2. Excelente texto !

    De fato, Tesla era um visionário e suas ideias foram controladas a não chegarem livremente às pessoas como ele sonhou.

    A humanidade poderia estar bem melhor, mas interesses escusos sempre barram a ação de gênios interessados em compartilhar de graça suas ideias para melhorar a vida das pessoas.

    Foi o caso de Tesla e de tantos outros.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Foi sim um dos maiores visionários e nos deixou um importante legado, se tivessem colaborado com ele, com certeza o mundo poderia estar melhor.
      Verdade, quantos outros genios foram tolhidos ou nem sequer soubemos da existência.
      Espero que um dia possamos ter um mundo justo para todos.
      Obrigada Luiz, por seu rico comentário!

      Excluir
  3. Belo texto, nos faz pensar e refletir :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim Kim, nos faz pensar como estaríamos agora se Tesla tivesse alcançado o que desejava. O mundo estaria bem melhor.
      Obrigada por participar com comentário preciso.

      Excluir
    2. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir